quarta-feira, abril 19, 2006

Pogrom de Lisboa, 500 anos

Passam hoje quinhentos anos sobre uma das maiores infâmias cometidas por portugueses sobre portugueses, talvez mesmo a maior.
Um grupo de animais (também conhecidos por cristãos) perseguiu e matou 4000 cristãos novos em plena Lisboa quinhentista. O delírio durou dois dias e foi relatado por Damião de Gois que a tudo assistiu. Mulheres e crianças foram mortas, cortadas aos bocados e queimadas em pleno rossio com o beneplácito da igreja católica, a instigadora da coisa.
Já é a segunda vez esta semana que tenho vergonha de ser português e ainda só vamos na quarta-feira...


Podem ler mais em http://ateismo.net/diario/ e tb aqui: http://ruadajudiaria.com/

3 Comments:

Anonymous Drica said...

Isto sim é uma razão forte para se ter vergonha

1:37 da manhã  
Blogger SPECTATOR said...

qual foi a primeira?

e já agora, podiamos fazer o mesmo hoje, mas com diferentes alvos, à minha escolha claro!
muahahahahaha!

11:18 da manhã  
Blogger Aragana said...

As coisas que se descobre através da net. Deve ser por isso que é pecado navegar em demasia.... eu nao conhecia esta faceta histórica. ainda bem que há gente como tu que divulga.

3:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home