segunda-feira, julho 18, 2005

Ainda estou vivo...

Descansem amigos, que não fui de ferias nem desisti de ser porKo.
Para aqueles que sentiram a minha falta (ou seja, ninguem em geral) apenas me contive por este fim de semana , estou lesionado numa mão, cai e quase parti dois dedos da mão direita, e como?
a surfar !!! Imaginem , de modos que tive de reduzir a minha produção diaria de alarvidades ao minimo necessario. Ou foi isso ou foi preguiça pura e simples ...

21 Comments:

Anonymous caorafeiro said...

é pá, ó satanucho, eu já te imaginava entrevadinho, fico muito mais descansado...

já quanto à tua saúde mental... com essa coisa de teres ido ver a guerra dos mundos, correste o sério risco de arruinares a tua reputação de militante anti-manada!

2:08 da tarde  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

WAI,meu Pitou estranho, nâo tera sido numa seança de,blablablabla, tu sabes o que eu quéro dizer?

2:12 da tarde  
Blogger SATANUCHO said...

sou espectador compulsivo de FC, vou ver tudo , mesmo sabendo ao que vou.... não há nada a fazer

2:27 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

Ó CALHORDUS,
diga-me lá onde é que se compra o dicionário de calhordês-português!

2:28 da tarde  
Anonymous Drica said...

Opá eu senti a tua falta...que falta de jeito para surfar...

2:29 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

satanucho, se gostas do género, estou a ler um livro muito giro que te recomendo, é um bocado a puxar para o fantástico, chama-se BIBLIOTECA, da cavalo de ferro.

só tem um problema, o autor é sérvio,e como tu no outro dia dizias que era uma povo que não se perdia nada em irradiá-los do mapa, não sei...

mas lá que é louco, é!

2:31 da tarde  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

Meu Pitou, mesmo se foçes um reformado da p.i.d.e eu nâo sou um stool.Olha vens mesmo a proposito com o sérvio, foi o unico soldado que foi fusilado no ti sam na 2 guerra por desérçâo, e tanbem foi um outro a causa da primeira, e falharam na terceira ,esteve mesmo a pontinha!

2:44 da tarde  
Blogger SATANUCHO said...

pra se ser servio não basta lá nascer, há toda uma envolvente de odio que é necessaria . há pessoas que pela sua postura nunca serão atenienses nem gregos, antes cidadãos do mundo .
já és o segundo gajo que me recomenda isso, como tal acho que vou mesmo exprimentar...

2:45 da tarde  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

Satanucho por favor nâo faças isso:eu ainda nâo conhêso a formula magica do Astérix

2:51 da tarde  
Blogger Pinto Ribeiro said...

eu não gostei de BIBLIOTECA. já ABÓBARAS EM FLOR, que parece um livro leve, deixa um travo azedo e incómodo...

2:56 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

pinto ribeiro:

eu estou a gostar da biblioteca, ainda vou a meio... no fim logo verei.

o outro fica para ler a seguir, estou com boas ezpectativas.

ando muito virado para o leste, adorei os contos de um minuto, mas o meu preferido é o imre kertesz, o sem destino é, tanto no conteúdo, como na técnica de escreta, um livro fascinante.

calhordus: não tenho idade para ter sido da pide, amenos que a reencarnação exista, e nesse caso, posso tê-lo sido noutra vida, mas não me lembro.

o que é um stool?


satanucho,
volto a perguntar-te, conheces algum sérvio? sabes porquê que os sérvios são maus? porque no século XIX os austríacos decidiram que eles eram maus, e no século XX, os nazis decidiram que eles eram maus, e depois foi o clinton, em 1993, que decidiu que eles eram os maus. para mim , não há povos bons nem maus, há sim tiranos que se aproveitam dos estereótipos que cada povo constroi para dominar esses povos. por acaso os alemães são maus? não eram uma nação adiantada? não cairam na treta do hitler, não participaram ,muitos deles activamente?
os que resistem são sempre muito poucos.

3:39 da tarde  
Blogger Pinto Ribeiro said...

cuidado que tás a entrar em zona minada. olha eu ke eu sou meio alemão e sei perfeitamente que os eslavos não são flor que se cheire. muito menos os sérvios. srebnica, conheces?...

3:44 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

sim, claro que sim, se me permitir, poderi enviar-lhe o texto que escrevi sobre srebrenica, já vi que tem o seu email no Diário Ateísta. poderá então perceber a que me refiro.

não sou anti-sérvio nem pró-sérvio, interesso-me pela região dos balcâs pela sua complexidade, e por terem problemas que estão muito loge de serem resolvidos, mas nos sérvios o que me interessa mesmo é saber como é que se pôde chegar aonde se chegou! e para onde é que eles vão evoluir. o ultranacionalismo continua em força, a sociedade está completamente entregue aos mafiosos, que muitos deles são os mesmos que andaram por aí a fazer massacres.

os balcâs são a europa no seu pior. a questão é PORQUÊ? eu já fui pró-federalismo europeu, agora sou 100% contra, e precisamente por causa da jugoslávia, que durante várias décadas foi dada como exemplo de que povos diferentes podiam conviver pacificamente. o multiculturalismo é uma farsa, mais ainda quando é construido de cima para baixo.

colando isto no debate esquerda-direita, se eu fosse alguma coisa, seria universalista, mas nem isso posso ser, porque também essa palavra está contaminada ideologicamente, e esconde um preconceito etnocentrico do qual qualquer povo pode vir a ser vítima, assim quem manda no mundo o considere dispensável.

mas não esquecer que também os sérvios foram vítimas de vários massacres, e o que se passou na krajina a coberto da NATO...

a única esperança reside no tribunal penal internacional, se conseguir ser justo e parece-me que eles estão a fazer um bom trabalho, ainda assim.

quanto aos bosníacos,os ocidentais já não querem saber deles, é a donor fadigue. resultado, a arábia saudita está a meter lá dinheiro em força, e daqui a 10 anos, aquilo vai estar cheio de jovens talibans.

4:56 da tarde  
Blogger Pinto Ribeiro said...

aí tens toda a razão. até cá já andam impunemente. mas isso é um descanso pró amigo bush. olha, já agora trata-me por tu. como diz o Amigo Calhordus, pitou, eu só devo ter mais 40 anos que tu.

5:22 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

ok, é para já, eu geralmente trato toda a gente por tu, e a ideia de gerações é-me completamente estranha.

já agora, chegou a ver sobre o aleksandar hemon? escritor de sarajevo, apanhado em chicago no início do cerco da cidade, já não pode voltar... vale mesmo a pena. de todos os da região que já li, é o me preferido!

5:33 da tarde  
Blogger Pinto Ribeiro said...

sinceramente não conheço e ainda não o apanhei. se puderes indica a editora.

5:37 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

a editora é a asa

7:02 da tarde  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

Pitou, stool,é uma palavra que designa um bufo, mas os escritos que possa vir a fazêr no futuro,ja nâo podem sêr com a mesma legeiridade!Que eu vos compreendo nâo existe duvida nenhuma,justo la pensei em me esconder no humour, mas é deficil;as minhas cores politicas vâo-me, perseguir esteja la onde esteja,autores li quase todos, mas a guerra civil Espanhola mesmo se ainda nâo tinha nascido,deixou-me imensas marcas, anarquistas,trotkistas,comunistas,socialistas,etc.Tudo estava la para nâo deixar um capitalismo cégo e sanguinario disso fazer a sua entrada. Mais tarde foi Elia Kazam..um stool.. que mesmo os seus amigos denunciou, e quantos outros !Foi la que compreendi que os meus sonhos nâo passavam exactamente disso. Aqueles que eu admirava caiam como um castelo de cartas Sartre,Heidegger,Dubcek,o tempo da poésia nos U.S.A,Fidel,o Che, e quantos outros e nos recuavamos, enquanto umas hienas se alimentavam dos nossos esforços!Quando vi que éssas mesmas hienas,se alimentavam da carne daqueles que fugiam regimes, iguais aos nossos no passado,so para nâo amelhorar os seus concidadâos compreendi, que estava feito para Portugal..o résto é tudo pura poesia

9:24 da tarde  
Anonymous caorafeiro said...

compreendo-o, falar claro é muito fácil, o que é dificil é sermos fieis às palavras que proclamamos. por isso é que neste momento eu prefiro não me definir...

ou como diz o evangelho, esse livro tão detestado por alguns aqui no blog, é pelos frutos que se conhecem as árvores!!!

por mim, pode falar estranho à vontade, entro oq ue eu apanho e o que fica para trás alguma coisa se aproveita.

sobre os bufos, há sempre pessoas que se recusam a ser bufos. o meu pei não andava metido em política antes do 25 A e, porque defendeu perante o patrão colegas suspeitos de simpatias comunistas, foi despedido e durante 2 anos ninguém lhe deu trabalho. com uma família para sustentar. mas não se vergou. também não lhe fizeram uma estátua, mas teve a recompensa de saber perante si próprio que não era um filho da puta. coisa que os bufos não podem dizer com sinceridade.

10:13 da tarde  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

Pitou,gostava que me chamasses por tu, aqui é bastante corrente,e depois nâo é nada ofendativo,e quando tiverés alguma duvida no meu estranho palrrar, nâo esites, tenho um decionario Portugues o autor é JP Maschado é antigo mas fas-me o negocio. Com respeito ao Sindicalismo; é presiço ter muitas cuilles! Nâo é para todos os humanos podes-me crer, o teu pai que odiga

10:58 da tarde  
Anonymous cãorafeiro said...

o meu pai não era sindicalista, era apenas uma funcionário administrativo a quem opatrão ordenou que tratasse do processo de despedimento dos colegas. que era ilegal mesmo segundo as leis do regime. o meu pai limitou-se a aplicar a máxima de montesquieu:une injustice faite a un seul est une menace a tous.

quanto ao tratamento por tu, ok!

7:58 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home