segunda-feira, julho 18, 2005

INGRATA.

A boazona, num gesto que não posso aceitar, enviou um postal de férias ao Público em que se refere ao seu esposo como " o meu heideggerzinho ". Sabendo-se da forte ligação espiritual que me liga ao grande mestre alemão só se entende esta provocação insultuosa por parte da bábá carrilho com uma imensa incapacidade para saber perder. Citando-a, que vá para paris. Neste blog não voltará a ocupar espaço de relevo. Já temos a Fátínha e, agora, também a Andringa e a Laurinda. Que passe bem.

5 Comments:

Anonymous manel-dito-calhordus said...

Nâo sei quem é essa boasona, mas deixou-se levar na conversa dos Francos, nâo é a primeira, mesmo as freiras tanbem! Existe uns macacos la para baixo que o querem sujar, a inveja nâo é o apanagio so dos tugas? Mas no pais do gentil home Presidente, durante a ocupaçâo ,havia que faziam publicar nos jornais, que nâo éram judeus! E havia outros que com falsas promésas, extorcavam dinheiro aos judeus que fugiam, para depois os queimarem na cave.Portanto ,nâo te preocupes com a boassona! Eu nâo me amandava ao ar com éla, nem com capottes

10:45 da manhã  
Anonymous manel-dito-calhordus said...

Éna pa que carregada d'erros ortograficos, é por isso que o meu grande amigo J.Pacheco Pereira nâo me escreve,ok boazona--bingo

10:49 da manhã  
Blogger Pinto Ribeiro said...

Amigo Calhordus. depois da bárbára, o pacheco pereira...tem piedade de mim...e o gajo sabe escrever?

11:14 da manhã  
Anonymous caorafeiro said...

temos de arranjar mais boazonas para desancar, mas caramba, ao menos apareçam-me com boazonas a sério!

estou farto de matronas.

mas deve ser tão bom ter um marido filósofo! imaginem as conversas profundas entre os dois nos momentos de intimidade! auguro um grande futuro para o pequeno dinis maria !

11:46 da manhã  
Anonymous oscar pinto said...

querem uma boazona a quem desancar.

elejam a ministra da educação, que diz que não precisa de estagiarios para nada, não lhes vai pagar os estagios e tudo o mais...

11:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home